Coletando e analisando dados do Facebook com o Power BI

Neste tutorial, vou demonstrar como importar e visualizar dados do Facebook. Durante o tutorial, você aprenderá como se conectar à uma página específica do Facebook, seguir as etapas de transformação de dados e criar algumas visualizações.

Aqui estão as etapas que você seguirá:

  • Tarefa 1: Conectar-se a uma página do Facebook
  • Tarefa 2: Criar visualizações usando a visão de Relatório do Power BI Desktop
    • Etapa 1: Criar uma visualização de Treemap (Mapa de Árvore)

 

  • Tarefa 3: Formatar dados na Visualização da Consulta
    • Etapa 1: Dividir a coluna de data e hora em duas
    • Etapa 2: Adicionar um valor agregado de uma tabela relacionada

 

  • Tarefa 4: Criar visualizações adicionais com a exibição de Relatório
    • Etapa 1: Carregar a consulta em seu relatório
    • Etapa 2: Criar um Gráfico de linhas e um Gráfico de barras

 

Tarefa 1: conectar-se a uma página do Facebook

Nesta 1ª etapa, você importará dados de uma página. Para este nosso laboratório, importaremos os dados da página da VisionShare Tecnologia (está é a URL: https://www.facebook.com/visionsharetecnologia/).

Qualquer pessoa pode se conectar a essa página e seguir essas etapas – nenhuma credencial especial (além de sua própria conta do Facebook, que você usa nesta etapa) é necessária.

Página de Facabook da VisionShare Tecnologia

  1. No diálogo Introdução ou na guia de faixa de opções Página Inicial, selecione Obter Dados.
  2. Obter dados
  3. O diálogo Obter Dados é exibido, permitindo que você selecione entre todos os tipos de fontes de dados. Selecione Facebook do grupo Outros.

    Caixa de diálogo Obter dados

    Quando você seleciona Conectar, uma caixa de diálogo é exibida para alertá-lo sobre os riscos de uso de um serviço de terceiros:

    Aviso sobre conexão com serviços de terceiros

  4. Quando você seleciona Continuar, a caixa de diálogo Facebook é exibida, em que você pode colar o nome da página (visionsharetecnologia) na caixa de texto Nome de usuário . Selecione Postagens no menu suspenso Conexão .

    Captura de tela 2017-06-24 19.28.28

  5. Opção Postagens
  6. Clique em OK.
  7. Quando solicitado que você forneça credenciais, entre usando sua conta do Facebook e permita acesso ao Power BI por meio de sua conta.

    Caixa de diálogo Entrar no Facebook

  8. Caixa de diálogo Facebook - Login
  9. Caixa de diálogo - Autorização de Login no Facebook
  10. Caixa de diálogo 2 - Autorização de Login no Facebook

Depois de estabelecer uma conexão com a página, você verá os dados sendo carregados no modelo:

Lá, o Editor de Consultas exibe os dados. O Editor de Consultas faz parte do Power BI Desktop, mas é carregado em uma janela separada, e é nela em que você executa todas as transformações em suas conexões de dados.

Quando os dados estiverem da maneira desejada, você poderá carregá-los no Power BI Desktop. Selecione Carregar e Fechar na faixa de opções Página Inicial.

Você verá um diálogo que exibe o andamento do carregamento dos dados no modelo de dados do Power BI Desktop.

Uma vez carregado, você será levado para a exibição de Relatório , no qual as colunas da tabela são listadas na lista Campos à direita.

Tarefa 2: criar visualizações usando o Modo de exibição de relatório

Agora que você descarregou os dados da página, você poderá rápida e facilmente obter informações sobre seus dados usando visualizações.

Etapa 1: criar uma visualização de Treemap

É fácil criar uma visualização: basta arrastamos um campo da lista Campos e o soltarmos na tela Relatório.

Arraste o campo Tipo para a tela Relatório . O Power BI Desktop cria uma nova visualização na tela Relatório. Em seguida, arraste tipo de Campos (o mesmo campo que você acabou de arrastar para a tela Relatório ) para a área Valor para criar uma visualização Barra .

Podemos facilmente alterar o tipo de visualização selecionando um ícone diferente no painel Visualização . Vamos alterar o tipo para um Treemap selecionando seu ícone em Visualizações, como mostrado na imagem a seguir.

Em seguida, vamos adicionar uma legenda e alterar a cor de um ponto de dados. Selecione o ícone Formato no painel Visualizações ; o ícone Formato parece com um pincel.

Quando você seleciona a seta para baixo ao lado de Legenda, a seção é expandida para mostrar como personalizar a legenda da visualização selecionada. Nesse caso, fizemos as seguintes seleções:

  • movemos o controle deslizante Legenda para Ligado para que uma legenda fosse exibida
  • selecionamos Direita no menu suspenso Posição da Legenda
  • movemos o controle deslizante Título para Ligado para que um título para a legenda fosse exibido
  • digitamos tipo para o título da legenda

Na imagem a seguir, essas configurações já foram feitas e são refletidas na visualização.

Em seguida, vamos alterar a cor de um dos pontos de dados. O ponto de dados do link deve ser azul, para que esteja mais próximo da cor comum de hiperlinks.

Selecione a seta ao lado de Cores dos Dados para expandir essa seção. Os pontos de dados são mostrados, com setas de seleção ao lado de cada cor que nos permitem selecionar uma cor diferente para cada ponto de dados.

Ao clicar na seta para baixo da caixa de cores ao lado de qualquer ponto de dados, um diálogo de seleção de cores será exibido, permitindo que você escolha uma cor. Nesse caso, escolheremos azul-claro.

Essa é uma melhor opção. Na imagem a seguir, você pode ver como a cor será aplicada ao ponto de dados na visualização, e que a legenda também será atualizada automaticamente, assim como a sua cor na seção Cores dos Dados .

Tarefa 3: formatar dados na tabela

Agora que você importou a tabela selecionada e começará a visualizá-la, você pode perceber que precisa realizar diversas etapas de formatação e limpeza de dados para aproveitar ao máximo seus dados.

Etapa 1: dividir a coluna de data e hora em duas

Nesta etapa, você dividirá a coluna created_time para obter os valores de data e hora. Sempre que estiver no Power BI Desktop e desejar modificar uma consulta existente, você precisará iniciar o Editor de Consultas. Para fazer isso, selecione Editar Consultas na guia Página Inicial .

  1. Na grade Editor de Consultas, role para a direita até encontrar a coluna created_time
  2. Clique com o botão direito do mouse em um título de coluna na grade Visualização de Consulta e clique em Dividir Coluna > Por Delimitador para dividir as colunas. Escolha Personalizado no menu suspenso do delimitador e insira “T”. É importante lembrar que essa operação também está disponível na guia de faixa de opções Página Inicial, no grupo Gerenciar Colunas.

  3. Renomeie as colunas criadas para created_date e created_time, respectivamente.
  4. Selecione a nova coluna created_time, **** e na faixa de opções Visualização da Consulta, navegue até a guia Adicionar Coluna e selecione Hora> Hora no grupo De Data e Hora. Isso adicionará uma nova coluna que é apenas o componente de hora da hora.

  5. Altere o tipo da nova coluna Hora para Número Inteiro navegando até a guia Página Inicial e selecionando o menu suspenso Tipo de Dados ou clicando com o botão direito do mouse na coluna e selecionando Transformar > Número Inteiro.

Etapa 2: adicionar um valor agregado de uma tabela relacionada

Nesta etapa, você adiciona a contagem de compartilhamentos por meio do valor aninhado para que você possa usá-lo nas visualizações.

  1. Continue a rolagem à direita até ver a coluna compartilhamentos . O valor aninhado indica que precisamos realizar outra transformação para obter os valores reais.
  2. Na parte superior direito do título da coluna, selecione o ícone para abrir o construtor Expandir/Agregar. Selecione contagem e clique em OK. Isso adicionará a contagem dos compartilhamentos para cada linha em nossa tabela.

    Após o carregamento dos dados, renomeie a coluna para compartilhamentos clicando duas vezes no nome da coluna, clicando com botão direito do mouse na coluna ou na faixa de opções exibição de Consulta , e selecione Renomear na guia Visualização da Consulta e no grupo Qualquer Coluna .

  3. Por fim, altere o tipo da nova coluna compartilhamentos para Número Inteiro. Com a coluna selecionada, o tipo pode ser alterado clicando com o botão direito do mouse na coluna e selecionando Transformar > Número Inteiro ou **** navegando até a guia Página Inicial e selecionando o menu suspenso Tipo de Dados.
Etapas de Consulta criadas

Conforme você realiza transformações na Visualização da Consulta, as etapas de consulta são criadas e listadas no painel Configurações de Consulta , na lista ETAPAS APLICADAS . Cada etapa de consulta tem uma fórmula de Consulta correspondente, também conhecida como a linguagem “M”.

Tarefa
Etapa de consulta
Fórmula

Conectar-se a uma fonte do Facebook
Fonte
Facebook.Graph (“https://graph.facebook.com/microsoftbi/posts”)

Dividir Colunaspara obter os valores de que você precisa
Dividir Coluna por Delimitador
Table.SplitColumn (Source,”created_time”,Splitter.SplitTextByDelimiter(“T”),{“created_time.1”, “created_time.2”})

Alterar Tipo das novas colunas (etapa automática)
Tipo Alterado
Table.TransformColumnTypes (#”Split Column by Delimiter”,{{“created_time.1”, type date}, {“created_time.2”, type time}})

Renomear **uma coluna**
Colunas Renomeadas
Table.RenameColumns (#”Changed Type”,{{“created_time.1”, “created_date”}, {“created_time.2”, “created_time”}})

Inserir **uma coluna**
Hora Inserida
Table.AddColumn (#”Renamed Columns”, “Hour”, each Time.Hour([created_time]), type number)

**Alterar tipo **
Changed Type1
Table.TransformColumnTypes (#”Inserted Hour”,{{“Hour”, type text}})

Expandir os **valores em uma tabela aninhada**
Expandir compartilhamentos
Table.ExpandRecordColumn (#”Changed Type1″, “shares”, {“count”}, {“shares.count”})

Renomear **a coluna**
Renamed Columns1
Table.RenameColumns (#” Expand shares”,{{“shares.count”, “shares”}})

Alterar tipo
Changed Type2
Table.TransformColumnTypes (#”Renamed Columns1″,{{“shares”, Int64.Type}})

Tarefa 4: criar visualizações adicionais com a exibição de Relatório

Agora que convertemos os dados para o formato que precisamos para o restante da nossa análise, podemos carregar a tabela resultante em nosso Relatório e criar visualizações adicionais.

Etapa 1: carregar a consulta em seu relatório

Para carregar os resultados da consulta no relatório, precisamos selecionar Carregar e Fechardo Editor de Consultas. Isso carregará nossas alterações no Power BI Desktop e fechará o Editor de Consultas.

No Power BI Desktop, precisamos garantir que estamos na exibição de Relatório . Selecione o ícone superior da barra à esquerda no Power BI Desktop.

Etapa 2: criar um Gráfico de linhas e um Gráfico de barras

Para criar uma visualização, é possível arrastar campos da lista Campos e soltá-los na tela Relatório.

  1. Arraste o campo compartilhamentos para a tela Relatório , o que cria um gráfico de barras. Em seguida, arraste created_date para o gráfico para que o Power BI Desktop altere a visualização para um _Gráfico de Linhas.

  2. Em seguida, arraste o campo compartilhamentos e solte-o na tela Relatório. Agora, arraste o campo Hora para a seção eixo na Lista Campos.

  3. Podemos facilmente alterar o tipo de visualização clicando em um ícone diferente no painel Visualização . A seta na imagem abaixo aponta para o ícone Gráfico de Barras .

  4. Altere o tipo de visualização para Gráfico de Barras.
  5. O Gráfico de Barras é criado, mas esse não é o eixo que queremos – queremos que ele seja classificado na outra direção (de alto para baixo). Selecione a seta para baixo ao lado de Eixo Y para expandir essa seção. Precisamos alterar o tipo de eixo de Contínuo para Categórico, para que ele seja classificado da forma como desejamos (a imagem abaixo mostra o eixo antes de fazermos a seleção – confira a próxima imagem para ver a aparência que desejamos para ele).

Essa é uma melhor opção. E agora temos três visualizações nesta página, que podemos dimensionar da forma desejada para preencher a página de relatório.

Como você pode ver, é fácil personalizar visualizações em seu relatório para apresentar os dados como você desejar. O Power BI Desktop fornece uma experiência perfeita de ponta a ponta, desde a obtenção de dados por meio de uma ampla variedade de fontes de dados e a modelagem desses dados para atender às suas necessidades de análise, até a visualização de tais dados de maneiras avançadas e interativas. Quando seu relatório estiver pronto, você poderá carregá-lo no Power BI e criar painéis baseados nele, que poderão ser compartilhados com outros usuários do Power BI.

Mauricio Cassemiro

Profissional de TI desde 2010, especialista Microsoft, Microsoft Office Specialist (MOS) em Microsoft Outlook e MVP de Office Servers and Services no Brasil.

Website: https://www.mauriciocassemiro.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *